Quais são as funções da bomba numa piscina?

Quais são as funções da bomba numa piscina?

Ter uma piscina limpa e cristalina somente é possível com a bomba. Entenda por que o equipamento é fundamental para o funcionamento da piscina e como escolher entre modelos e potências.

Depois de realizada a construção do tanque da piscina, chega o momento de escolher complementos e equipamentos necessários para a área de lazer. Alguns podem ser opcionais, como a instalação de aquecimento, por exemplo. Já outros são imprescindíveis para o funcionamento da piscina.

Entre os itens indispensáveis está a bomba, conhecida também como motobomba. O equipamento, aliás, é o responsável para que o processo de filtragem seja realizado, o que garante a qualidade da água e a deixa cristalina para o banho.

Entendendo a função da bomba
Para alguns profissionais da área, a bomba é o coração da piscina. Isso não é à toa, já que o equipamento é o responsável por impulsionar a água e fazer com que ela circule. Isso possibilita o processo de filtragem, o qual elimina todas as impurezas da piscina, como folhas, insetos, terra, etc.

Além disso, a bomba também é fundamental para a realização do tratamento da água.Isso porque o movimento também contribui para que os produtos químicos se espalhem de maneira homogênea.

A bomba ainda é utilizada para o funcionamento do aquecimento elétrico ou solar da água, assim como para o uso da cascata.

Conheça os tipos de bomba para piscina
Bomba Centrífuga Autoaspirante: sua facilidade de adaptação faz com que seja a mais utilizada. Com destaque em piscinas domésticas, esse modelo aspira a água em direção ao filtro e, em seguida, faz com que ela retorne já livre de impurezas à piscina;
Bomba Centrifuga de velocidade variável: com um preço um pouco mais elevado, esse tipo de bomba adequa a sua velocidade de funcionamento conforme a necessidade. Além de produzir menos ruído, também ajuda na economia de energia, já que a movimentação lenta da água requer menor consumo.

Nem sempre o modelo potente é o mais adequado, ao contrário, pode representar mais consumo e até acarretar danos, principalmente ao filtro, que pode não ser capaz de dar vazão ao volume de água movimentada.

Desse modo, a escolha da bomba mais correta deve levar em consideração:
o volume dágua da piscina
o diâmetro do encanamento
o tamanho do filtro

Felizmente, é possível encontrar bombas com diferentes potências e indicadas para os mais diferentes modelos de piscina. Para se ter um exemplo, o processo de filtragem geralmente demora entre 6 e 8 horas.Isso significa que cerca de 5 mil litros de água são filtrados por hora em uma piscina de 40 mil litros. Sendo assim, o ideal é a instalação de uma bomba capaz de realizar o trabalho no tempo necessário.

Cuidados com a bomba da piscina
Assim como outros equipamentos da piscina, a bomba também precisa de cuidados, os quais aumentam a sua durabilidade e garantem o funcionamento correto. A revisão deve ser feita a cada 6 meses, onde será analisado as juntas, os rolamentos e os sistemas de vedação necessitam de acompanhamento constante. Também é preciso ficar atento a ruídos fora do normal e a vazamentos, o que pode significar o desgaste da bomba.

Sempre que algo indicar um funcionamento fora do habitual, entre em contato conosco: DBE BOMBAS (21) 3106-5455 Celular: (21) 9-7007-9241 - WhatsAPP: (21) 9-7007-9241

Produtos que você pode gostar

Deixe um comentário

(*) são campos obrigatórios.

Scroll